sábado, 9 de janeiro de 2021

Pela primeira vez, mundo registra mais de 15 mil mortes por Covid-19 em 24 horas

Imagem: Pixabay

A Organização Mundial da Saúde (OMS) relatou neste sábado mais de 15 mil mortes causadas pela Covid-19 nas últimas 24 horas, um número recorde e que eleva o total desde o começo da pandemia para 1,9 milhão. Houve também 800 mil novos casos, um dos maiores números diários em mais de um ano de crise sanitária, e já são mais de 87,5 milhões de contágios.

Os aumentos se devem principalmente ao aumento nas Américas tanto na quantidade de casos, com 440 mil no último dia, quanto no de mortes, com o recorde de 7,8 mil. O continente tem 38 milhões de infecções desde o começo do ano passado.

A Europa, com 28 milhões de casos acumulados e 622 mil óbitos, registrou 273 mil contágios e 6 mil vítimas do vírus SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas, embora por enquanto não haja uma recuperação clara em relação às semanas anteriores.

Os Estados Unidos continuam sendo o país mais afetado, com 21 milhões de casos, seguido pela Índia, com 10 milhões, e do Brasil, que ontem bateu o recorde nacional diário de novos casos, com 87 mil, elevando o total para 1,9 milhão. O número de pacientes recuperados é de 64 milhões, e dos 23 milhões de casos ativos, 0,5% – cerca de 108 mil pessoas – está em uma condição grave ou crítica.

Jovem Pan com EFE

0 comentários:

Postar um comentário

Sua postagem dependerá do Moderador do Blog.

Não publicamos comentários sem assinatura (Anônimos).

Obrigado pelo comentário. Sua ajuda faz nosso trabalho melhor.
_____________________________
Equipe do Blog do Silvério Alves

LAPAC

LAPAC

.ESPAÇO FABRÍCIA LAINE

.ESPAÇO FABRÍCIA LAINE

AUTORIZA SEGUROS

AUTORIZA SEGUROS

UNIFARMA BENTO

UNIFARMA BENTO

SALVAGGIO PERFUMES

SALVAGGIO PERFUMES
Instagram: @SALVAGGIOPERFUMES

DR. KARSON

DR. KARSON

Arquivo

Tecnologia do Blogger.