domingo, 12 de julho de 2020

Liturgia Diária: Ser semeador é antes de tudo ser solo fértil para o Evangelho

Texto retirado da Página “Papista”

Liturgia Dominical: Décimo Quinto Domingo do Tempo Comum - Ano A

Leituras: 

- Is 55,10-11
- Salmo 65(64)
- Rm 8,18-23
- Mt 13, 1-23

 Na liturgia deste domingo, temos o tema da resposta humana à Palavra de Deus. Se abrirmos nosso coração à Palavra, receberemos recompensas infinitas no amor eterno de Deus. 

 Na primeira leitura, vemos o tema geral da liturgia deste domingo. Deus envia a Sua Palavra a todos, mas ao contrário da criação, Sua Palavra não passará (Mt 24,35)! Ela vem a nós e volta a Deus no dia do juízo com os frutos da colheita. 

 O Salmo de hoje prefigura a ação da Palavra de Deus nos cristãos. É na Igreja Católica que a lavoura divina toma forma. Quem ouvir e viver a Palavra, ao morrer será parte da Igreja, a barca de Pedro que a todos recolhe para atravessar as tempestades. 

 Na segunda leitura, São Paulo nos lembra da adoção divina dos que ouviram a Palavra. Através de Sua Igreja, o Senhor recolherá os frutos da Sua colheita. Não como meras criaturas, mas depois de Cristo como Seus filhos! 

 Os primeiros a receber os bons frutos preferiram experimentar os maus frutos e caíram. Nossa luta é para resgatar o próximo e, com isso, sinalizar nossa intenção de ser resgatados pelo amor de Cristo. Em outras palavras: a consequência necessária de ouvir a Palavra é transformar a nós mesmos em semeadores. 

 No riquíssimo Evangelho de hoje, Jesus nos conta a parábola do semeador. Note, antes de tudo, que o Senhor diz que as parábolas são para ensinar a quem quer ouvir. Quem não abre o coração a Cristo e procura a Igreja como intérprete sempre poderá dizer que os Seus ensinamentos são difíceis e fugir do trabalho.

 O Senhor semeia o Evangelho, mas receber a Palavra de Deus demanda de nós a conversão mais profunda, aquela que deve crescer um pouco mais a cada dia. Quem receber bem a semente dará mais frutos. Ou seja, somos chamados a semear, mas só pode semear quem está preparado e tem a coragem de aceitar a dureza do trabalho na vinha do Senhor. Quem não se prepara, não tem nada depois para mostrar. 

 Nossa fé é frágil e por qualquer coisa se perde. A esperança é o próprio Cristo. Abramos nossos corações para receber as sementes de Glória do Evangelho e Ele fará milagres em nossas vidas! 

 Fomos chamados por Deus, o semeador, para trabalhar em Sua vinha. Ouça a Palavra e receba a Eucaristia. Viva como exemplo e espalhe o amor da Palavra. A colheita será abundante e você será recebido com carinho por quem te deu a missão. 

 Em Cristo, entregue à proteção da Virgem Maria, 

 um Papista

0 comentários:

Postar um comentário

Sua postagem dependerá do Moderador do Blog.

Não publicamos comentários sem assinatura (Anônimos).

Obrigado pelo comentário. Sua ajuda faz nosso trabalho melhor.
_____________________________
Equipe do Blog do Silvério Alves

LAPAC

LAPAC

.ESPAÇO FABRÍCIA LAINE

.ESPAÇO FABRÍCIA LAINE

AUTORIZA SEGUROS

AUTORIZA SEGUROS

UNIFARMA BENTO

UNIFARMA BENTO

SALVAGGIO PERFUMES

SALVAGGIO PERFUMES
Instagram: @SALVAGGIOPERFUMES

DR. KARSON

DR. KARSON

Arquivo

Tecnologia do Blogger.