segunda-feira, 25 de maio de 2020

Ascensão do Senhor: Partir para ficar mais próximo


Texto retirado da Página Papista

Liturgia: Solenidade da Ascensão do Senhor - Ano A

Leituras:

- At 1,1-11
- Sl 47(46)
- Ef 1,17-23
- Mt 28,16-20

 Na Liturgia deste domingo, vemos o Senhor subir aos céus para ocupar o Seu lugar ao lado do Pai. Ele ascendeu, mas nós não ficaremos sozinhos! 

 Na primeira leitura, São Lucas nos mostra a promessa do Senhor sobre a vinda do Espírito Santo. Tudo será compreendido quando vier o Paráclito. O Senhor subiu aos céus na Shekinah, a nuvem da Glória de Deus que um dia cobriu a Arca da Aliança no Tabernáculo. Ali era a prefiguração de Cristo. Agora, o Senhor cumpriu a Sua missão de trazer a Boa Nova e subiu aos céus. Mas nós não estamos sozinhos ou desamparados.

 Cantamos no Salmo o triunfo de Deus que se elevou para reinar em Seu trono de eterna Glória. Todo louvor é pouco, pois toda alegria é pouca no Reino dos Céus. O rei que antes subiu à Jerusalém, agora é o Rei que cumpre tudo ao subir para a Jerusalém Celestial.

 Na segunda leitura, São Paulo descreve o etendimento que é necessário a todo fiel. Pentecostes foi um acontecimento único para os apóstolos, mas se repete para os fiéis que vivem os Sacramentos e são confirmados em Cristo. A Igreja, São Paulo ensina, é o corpo de Cristo na terra. O Senhor está realmente entre nós na Igreja, disposto a forjar essa mesma relação com cada fiel. Ele ascendeu, mas está entre nós.

 Nós recebemos uma missão. É isso que aprendemos no Evangelho deste domingo. O que recebemos temos que anunciar ao próximo em testemunho e obras, para que todos se convertam e busquem o perdão. De Jerusalém para o mundo, do mundo para a Jerusalém Celestial.

 Vemos que os apóstolos ainda não compreendem perfeitamente, como nós tantas vezes não compreendemos o que é o Reino de Deus e como devemos vivê-lo na terra. O Senhor não ascendeu para ficar longe de nós, mas para estar conosco na Igreja. Se Ele aqui permanecesse, talvez não percebêssemos a importância da Igreja ou dos Sacramentos, inclusive o próprio Cristo Eucarístico. 

 De Seu Trono de Glória nos céus, o Senhor está conosco mais intensamente do que poderíamos imaginar. Eles está entre nós em Espírito e Vida. É no partir do Pão que O reconhecemos de verdade ao acreditar sem vê-Lo (Jo 20,29). 

 Recebemos nossa missão, mas temos a convicção de que o Senhor ascendeu para ficar ainda mais próximo de nós e em comunhão perfeita na Liturgia.

 Vinde Espírito Santo!

 Em Cristo, entregue à proteção da Virgem Maria,

 um Papista

0 comentários:

Postar um comentário

Sua postagem dependerá do Moderador do Blog.

Não publicamos comentários sem assinatura (Anônimos).

Obrigado pelo comentário. Sua ajuda faz nosso trabalho melhor.
_____________________________
Equipe do Blog do Silvério Alves

LAPAC

LAPAC

.ESPAÇO FABRÍCIA LAINE

.ESPAÇO FABRÍCIA LAINE

ALEX SUPERMERCADO E PADARIA

ALEX SUPERMERCADO E PADARIA

AUTORIZA SEGUROS

AUTORIZA SEGUROS

UNIFARMA BENTO

UNIFARMA BENTO

SALVAGGIO PERFUMES

SALVAGGIO PERFUMES
Instagram: @SALVAGGIOPERFUMES

DR. KARSON

DR. KARSON

Arquivo

Tecnologia do Blogger.