segunda-feira, 6 de abril de 2020

Presidente Bolsonaro recua e ministro Mandetta fica

Mandetta fica. A confirmação partiu do vice-presidente Hamilton Mourão. A movimentação e a pressão junto a Bolsonaro, do Congresso ao Judiciário, teria feito o presidente mudar de ideia.
Mandetta disse a assessores e auxiliares do Ministério da Saúde, além de políticos de seu partido, o DEM, que não pede para sair em hipótese nenhuma. Só se for demitido.
O presidente teria recuado após gigante pressão do Congresso e até do Judiciário. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre armou uma costura de pressão para manter Mandetta no cargo. A oposição também foi para a imprensa e redes sociais dizer que era o caso de pedir o afastamento imediato do Presidente, caso a demissão de Mandetta acontecesse.
No final da reunião com os ministros, o presidente Bolsonaro falou em união de todos. Ele foi convencido, inclusive por ministros mais próximos, que esse não era o momento. Perdeu a ala Olavista e a dos filhos do Presidente.
BG

0 comentários:

Postar um comentário

Sua postagem dependerá do Moderador do Blog.

Não publicamos comentários sem assinatura (Anônimos).

Obrigado pelo comentário. Sua ajuda faz nosso trabalho melhor.
_____________________________
Equipe do Blog do Silvério Alves

LAPAC

LAPAC

.ESPAÇO FABRÍCIA LAINE

.ESPAÇO FABRÍCIA LAINE

AUTORIZA SEGUROS

AUTORIZA SEGUROS

UNIFARMA BENTO

UNIFARMA BENTO

SALVAGGIO PERFUMES

SALVAGGIO PERFUMES
Instagram: @SALVAGGIOPERFUMES

DR. KARSON

DR. KARSON

Arquivo

Tecnologia do Blogger.