quarta-feira, 18 de março de 2020

Editorial: Para combater o coronavírus não vale nem o pânico nem o desdém

Resultado de imagem para imagens do logotipo do blog de silverio alves

O planeta está assombrado e sem saber o que fazer  com o coronavírus, doença respiratória que segundo a Organização Mundial de Saúde, virou pandemia e já atinge cerca de 145 dos pouco mais de 200 países que formam o globo terrestre.

Tudo começou na China, país mais populoso do mundo, com mais de um bilhão de habitantes,  que vem sendo acusado de provocar a epidemia, pois passa por uma crise de abastecimento de alimentos muito grande, pretendendo compra-los mais barato onde tem, dentre outros interesses econômicos. O que é  certo é que a economia mundial, vem sofrendo um abalo muito forte devido o vírus. Já se fala em um trilhão de dólares de prejuízos.

Até países  do primeiro mundo vem sofrendo com a crise, a exemplo do Estados Unidos e  da Itália. Na Itália, pelas informações que se tem, as autoridades estão desnorteadas, pois o sistema de saúde  não está conseguindo cuidar a contento dos milhares de infectados, na grande maioria, idosos. Já são mais de dois mil mortos e milhares de contaminados.

O  vírus, segundo os especialistas tem capacidade letal bem baixa, chegando a pouco mais de 3% nos idosos, diabéticos e hipertensos, o grupo mais vulnerável ao corona. Mesmo assim, tem um detalhe amplamente complicador, ele se prolifera com grande rapidez, precisando ser combatido com bastante eficiência e com a colaboração direta das instituições públicas, privadas e da população como um todo, cada um fazendo a sua parte.

Vale dizer também que as notícias mentirosas espalhadas principalmente pelas redes sociais, por quem não tem escrúpulos, nem vergonha na cara, só contribui para disseminar o pânico e aumentar o grave problema. Precisamos analisar bem as notícias, saber a fonte, observar a credibilidade da informação, para não compartilhar o que não presta.

O coronavírus está entre nós, chegou ao Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro, até o momento são os estados com maior número de infectados. Se não houver providências urgentes e eficientes, em 30 dias a situação poderá se tornar gravíssima. Graças a Deus,  o Brasil está acordando em termos de medidas para enfrentar a situação.

Parece chover no molhado, porém o tempo é de discernimento, de se baixar as bandeiras do  radicalismo, da incompreensão, da intolerância, de dizer não a politicagem, parta ela de onde partir, pois o vírus  não é inimigo só de quem está no comandando do país, do estado ou  do município, ou de que é oposição, ou é indiferente. O tempo é da união de forças, para podermos vencer o inimigo  de todos.

O tempo é de recolhimento, de se puder, de se ficar em casa, de se lavar as mãos com frequência, se não tiver gel, lave bem com água e sabão.  Senhores pais, as aulas foram suspensas, mais não são férias, pois não é tempo de passeio, de praia, o tempo é  de se evitar aglomerações de pessoas.

Pra terminar, o tempo é de cada um (e de todos) fazer a sua parte, sem pânico e sem desdém, na esperança de que juntos, vamos  vencer essa batalha.

0 comentários:

Postar um comentário

Sua postagem dependerá do Moderador do Blog.

Não publicamos comentários sem assinatura (Anônimos).

Obrigado pelo comentário. Sua ajuda faz nosso trabalho melhor.
_____________________________
Equipe do Blog do Silvério Alves

LAPAC

LAPAC

.ESPAÇO FABRÍCIA LAINE

.ESPAÇO FABRÍCIA LAINE

ALEX SUPERMERCADO E PADARIA

ALEX SUPERMERCADO E PADARIA

AUTORIZA SEGUROS

AUTORIZA SEGUROS

UNIFARMA BENTO

UNIFARMA BENTO

SALVAGGIO PERFUMES

SALVAGGIO PERFUMES
Instagram: @SALVAGGIOPERFUMES

DR. KARSON

DR. KARSON

Arquivo

Tecnologia do Blogger.