quarta-feira, 25 de dezembro de 2019

Liturgia Diária: Natal de Nosso Senhor

Texto retirado da Página Papista, no Facebook 

Leituras: 

- Is 52,7-10
- Salmo 98(97)
- Hb 1,1-6
- Jo 1,1-18

 O Verbo se fez carne

 Não é possível entender perfeitamente a misericórdia de um Deus que ama ao ponto de se fazer pequeno e frágil como um menino. Tudo para depois morrer por nós. Com enorme alegria celebramos nesta Liturgia o Mistério do amor do Menino Deus.

 A primeira leitura é a profecia de Isaías sobre o retorno do Rei. Esse rei, oculto até a vinda do Messias, seria explicado na genealogia de São Mateus (Mt 1,1-16), que contém nomes nunca antes revelados da linhagem real. 

 O retorno do Rei seria algo profetizado, mas não perfeitamente entendido. É um Mistério que só entenderemos em sua plenitude quando formos chamados a prestar contas junto ao Senhor. O que nos importa agora é ter certeza de que tudo se cumpre em Cristo. O resgate de Jerusalém não é deste mundo, mas nossa salvação no amor de Cristo. 

 Cantamos no Salmo que todo o universo contempla essa salvação. A estrela que guiou os reis magos era mais que um guia para os homens. Era um sinal para que toda a criação festejasse a vinda do Salvador. 

 Essa é a mensagem da segunda leitura: toda a criação, até os anjos devem adorar o Senhor. O Senhor é mais que um herdeiro real. Ele é o Rei dos Reis, que veio em linhagem real para que Sua identidade fosse reveladas, mas nasceu humilde para que se soubesse quem são os Seus herdeiros (Mt 5,3; 11,11). 

 Esse Mistério do Verbo que se fez carne é o que celebramos no Evangelho. O mundo não acolheria a Palavra encarnada. Cabe a nós anunciá-la. A primeira leitura é exatamente citada por São Paulo (Rm 10,15) para explicar que essa alegria que a Encarnação traz ao coração do fiel deve ser pregada! 

 O que recebemos hoje é mais do que jamais poderemos pagar. O Senhor, que veio ao mundo como uma frágil criança, pagaria o preço da nossa iniquidade (Is 53,5; 1Pd 2,24). Essa era a Sua Missão. A nossa é pregar a alegria da salvação. Alegria que veio frágil como um bebê, mas venceu o mundo (Jo 16,33). 

 A melhor maneira de fazer isso é ser um exemplo vivo das obras de Deus através de nós. Isso começa em casa, em família, com uma boa ceia, com a Ação de Graças pela bênção do Menino Deus. 

 Um santo Natal para você e os seus. Que o Senhor os abençoe. 

 Em Cristo, entregue à proteção da Virgem Maria,

 um Papista

0 comentários:

Postar um comentário

Sua postagem dependerá do Moderador do Blog.

Não publicamos comentários sem assinatura (Anônimos).

Obrigado pelo comentário. Sua ajuda faz nosso trabalho melhor.
_____________________________
Equipe do Blog do Silvério Alves

MULTICLÍNICA LAPAC

MULTICLÍNICA LAPAC

ALEX SUPERMERCADO E PADARIA

ALEX SUPERMERCADO E PADARIA

AUTORIZA SEGUROS

AUTORIZA SEGUROS

UNIFARMA BENTO

UNIFARMA BENTO

Auto Escola São Paulo

Auto Escola São Paulo

ACADEMIA FORÇA E SAÚDE

ACADEMIA FORÇA E SAÚDE

Arquivo

.

.
Tecnologia do Blogger.