sexta-feira, 11 de outubro de 2019

Breve Catequese Católica: Bata e a porta se abrirá

Texto retirado da pagina Papista, no Facebook

Reflexão sobre a Liturgia: quinta-feira da vigésima sétima semana do Tempo Comum - Ano C

Ml 3,13-20 (3,13–4,2)
Salmo 1
Lc 11,5-13

A mensagem da Liturgia de hoje é a esperança. Não um sentimento bobo ou ingênuo, mas a certeza da fé no Senhor unida à cautela dos que O temem. 

A primeira leitura é do livro do profeta Malaquias, o últimos dos profetas do Antigo Testamento. Sua mensagem é a de Deus observando o que aconteceu com o Seu povo e como o resgate viria, em breve, com o Messias. Os que desprezarem o Senhor se perderão. Os que O aceitarem verão a sua esperança dando frutos na salvação em Cristo.

O Senhor olhará para os que o amam como um pai pelos seus filhos. Apenas o amor pode demonstrar a distância entre as vidas de quem se entrega a Deus e a dos que negam o Senhor. O mundo será sempre um reflexo desse paradigma: os que amam a Deus vivem felizes e dão frutos a todos; mas quem nega o Senhor cria o abismo entre os homens.

O caminho dos que crêem em Deus está protegido, cantamos no primeiro salmo. Deus conhece o caminho do justo e ajuda na caminhada. Se não vemos a luz no fim do túnel agora, temos fé que ela chegará para quem a Deus se entrega. 

O Evangelho de hoje começa no momento logo após a oração do Pai Nosso. O Senhor quer reforçar a eficácia da oração, que é nada menos que uma profunda relação com o Senhor. As imagens são propositalmente fortes, hiperbólicas, para que seja fácil entender o tamanho da misericórdia de Deus. 

Esse é o abismo profetizado por Malaquias. A distância imensurável entre nós, pecadores, e o amor de Deus. Porém, se mesmo os maus querem o bem dos filhos, como se pode duvidar do amor de Deus? Ele que enviou Seu Filho para morrer por nós! 

A distância que nos separa de Deus é encurtada exatamente pela oração e a relação sacramental com o Senhor. Se não temos força para fazer por nós mesmos, confiemos inteiramente em Cristo. A porta se abrirá para quem se esforça para viver a Sua misericórdia. O sol da justiça de Deus nascerá de novo sobre quem O ama. Dessa vez, para sempre.

Em Cristo, entregue à proteção da Virgem Maria,

um Papista

0 comentários:

Postar um comentário

Sua postagem dependerá do Moderador do Blog.

Não publicamos comentários sem assinatura (Anônimos).

Obrigado pelo comentário. Sua ajuda faz nosso trabalho melhor.
_____________________________
Equipe do Blog do Silvério Alves

MULTICLÍNICA LAPAC

MULTICLÍNICA LAPAC

UNIFARMA BENTO

UNIFARMA BENTO

Auto Escola São Paulo

Auto Escola São Paulo

Arquivo

.

.

.

.
Tecnologia do Blogger.