segunda-feira, 26 de março de 2018

BCC: O primado de Pedro profetizado em Isaías


Breve Catequese Católica
Por João Damasceno

Prefigurar significa antecipar, representar previamente, anunciar um tipo, modelo futuro ou uma personagem histórica. Santo Agostinho já ensinava que “O Novo Testamento está escondido no Antigo, ao passo que o Antigo só é desvendado no Novo” (Quaestiones in Heptateucum, Liv. II p, 73)

As Escrituras, chamadas Antigo e Novo Testamento, transmitem a Revelação Divina não só pela história, mas também pela tipologia profética ou alegoria. Alegoria é a mensagem representativa de alguém ou algo, o qual se dá pela metáfora que consiste na comparação da essência em cada tipo comparado.

O tipo usado para representar o sacerdócio temporal é o título do MORDOMO DA CASA REAL DE DAVI, o encarregado de guardar e zelar pelas chaves, que ligam a terra ao Céu, o humano e o Divino.

Neste âmbito, os escritos sagrados trazem a prefiguração profética da Primazia de São Pedro com relação Primeiro Mordomo do Palácio Real. Isaías 22, versículo 20 à 24, profetizou: “Naquele dia chamarei meu servo Eliacim, filho de Helcias. Revesti-lo-ei com a tua túnica, cingi-lo-ei com o teu cinto, e lhe transferirei os teus poderes; ele será um PAI para os habitantes de Jerusalém e para a casa de Judá. Porei sobre seus ombros A CHAVE DA CASA DE DAVI; SE ELE ABRIR, NINGUÉM FECHARÁ, SE FECHAR, NINGUÉM ABRIRÁ.

Neste sentido, diria Cristo no futuro: “E eu te declaro: TU ÉS PEDRO, E SOBRE ESTA PEDRA EDIFICAREI A MINHA IGREJA; as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Eu TE DAREI AS CHAVES DO REINO DOS CÉUS: TUDO O QUE LIGARES NA TERRA SERÁ LIGADO NOS CÉUS, E TUDO O QUE DESLIGARES NA TERRA SERÁ DESLIGADO NOS CÉUS.” (S. Mateus 16. 18 e 19)

Outro ponto profético, está na anunciação da forma do martírio de São Pedro, que historicamente, seria crucificado de maneira invertida: “FIXÁ-LO-EI COMO PREGO1 em lugar firme, e ele será UM TRONO DE HONRA PARA A CASA DE SEU PAI. (Is. 20. 23)”

Diz ainda quanto ao sacerdócio primaz de São Pedro, em relação a todos nós, membros da Igreja de Cristo:
DELE ESTARÃO PENDENTES TODOS OS MEMBROS DE SUA FAMÍLIA, os ramos principais e os ramos menores, toda espécie de vasos, desde os copos até os jarros.” (Is. 20, 24)

Por fim, sinaliza que quando houver ruptura desse Primado, que são hoje as cisões, divisões no Corpo de Cristo por doutrinas que homens inventam, as quais rejeitam, repudiam a própria Autoridade de Cristo que instituiu o Sacerdócio Petrino, iniciaria o período de decadência do cristianismo: “Porém, um belo dia, diz o Senhor dos exércitos, o prego, fincado em lugar firme, cederá, arrancar-se-á e cairá, E TODA A CARGA QUE ELE SUSTENTAVA SERÁ FEITA EM PEDAÇOS.” (Is. 20. 25)
  
1"Pedro, ao ser martirizado em Roma, pediu e obteve fosse crucificado de cabeça para baixo" (Orígenes [+séc.III], Com. in Genes. 3).
"Pedro, finalmente tendo ido para Roma, lá foi crucificado de cabeça para baixo" (Eusébio de Cesaréia [+séc.IV], História Eclesiástica 3,1).

0 comentários:

Postar um comentário

Sua postagem dependerá do Moderador do Blog.

Não publicamos comentários sem assinatura (Anônimos).

Obrigado pelo comentário. Sua ajuda faz nosso trabalho melhor.
_____________________________
Equipe do Blog do Silvério Alves

Drogaria Luana

Drogaria Luana

Multiclínica Lapac

Multiclínica Lapac

Auto Escola São Paulo

Auto Escola São Paulo

Arquivo

.

.

.

.

.

.
Tecnologia do Blogger.