domingo, 3 de setembro de 2017

A Oração pela Pátria

Resultado de imagem para criança bandeira brasil
De autoria do jornalista Gaudêncio Torquato, A Oração pela Pátria, publicada no Jornal Tribuna do Norte deste domingo, 3 de setembro, e em vários outros jornais pelo Brasil afora, merece ser lida e comentada nos púlpitos das igrejas, nos templos, nas praças e nas salas de aula... do nosso País.

A Oração, baseada no Pai Nosso pede as bênçãos do Senhor, na semana em que o Brasil chega aos 207 milhões de habitantes e completa 195 anos da sua Independência de Portugal, vivendo um dos momentos de maior aflição na sua história política. O texto mostra também que habitamos um território belo e imenso do tamanho de um continente, que possui a maior reserva de água doce do mundo (12º) e que nossos biomas terrestres: Mata Atlântica, Amazônia, Cerrado, Caatinga e Campos do Sul, abrigam 20% das espécies do planeta, dentre tantas outras coisas maravilhosas.

A seguir alguns trechos da Oração: "Venha nós o vosso Reino! E que venha logo, Senhor. Antes que a matança nas ruas alcance níveis incontroláveis. E antes que a divisão entre "nós e eles" torne irreversível a desarmonia social. É o que ansiosamente esperamos. Por aqui, baixou um clima de guerra aberta, tiros por todos os lados. Violência urbana assola ruas, bairros, vielas das grandes e médias cidades".

"Não somos uma sociedade igualitária, Senhor. Há enorme distância entre pobres e ricos, privilegiados e oprimidos, donde se pode até compreender o escopo de instituições que desfraldam as bandeiras da igualdade, da fraternidade e da justiça para todos. Só não é possível defender o ideário dos direitos humanos usando as armas da intolerância e da condenação, contra quem ousa discordar de métodos como invasão de propriedades, depredação de patrimônios, incitação à violência."

"Seja feita a vossa vontade assim na terra como no céu".  "Que a vossa vontade Senhor, chegue até nós. Rogamos que a paz do céu baixe sobre nosso território, elevando os menos favorecidos a degraus superiores e dando aos habitantes do alto da pirâmide social nobreza de espírito para lutar pelo fim das desigualdades e enxugar as lágrimas dos aflitos".

"Pedimos perdão, Senhor, para os pecadilhos do cotidiano, as ofensas comuns que se revelam uma deselegância, gestos mal educados, mentirinhas e falsas versões. Não podemos pedir perdão, Senhor, para atos que signifiquem, assalto à coisa pública, praga que se expande sob a burocracia estatal, de políticos e círculos de negócios. Assaltantes do Estado, formando um poder invisível que precisam prestar contas à Justiça, antes de receber o perdão divino".

Nessa Semana da Pátria, suplicamos por ajuda, Senhor, para construir a Terra dos nossos sonhos, onde gerações viverão em convivência harmoniosa,  o ponto de encontro entre grupos e classes, o habitat do bem-estar coletivo, o terreno onde florescem sementes do Produto Nacional Bruto da Felicidade. Dai-nos forças, Senhor, para nos livrar dos males que afligem nossa bela, porém sofrida, Nação.  Ajuda-nos, Senhor a subir no altar do Bem. Amém!" 

0 comentários:

Postar um comentário

Sua postagem dependerá do Moderador do Blog.

Não publicamos comentários sem assinatura (Anônimos).

Obrigado pelo comentário. Sua ajuda faz nosso trabalho melhor.
_____________________________
Equipe do Blog do Silvério Alves

Arquivo

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.
Tecnologia do Blogger.