sexta-feira, 24 de março de 2017

Procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis era o alvo de atentado no MPRN; confira os bastidores do ocorrido

Guilherme Wanderley Lopes da Silva, suspeito de praticar o atentado
O procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis, era o alvo na ação do servidor identificado como Guilherme, no fim da manhã desta sexta-feira. 

O suspeito então forçou a entrada, visualizou procurador-geral de Justiça e realizou um disparo, que não atingiu o alvo. Em seguida, novos disparos foram realizados e atingiram os promotores que auxiliam o PGJ na administração do órgão. 

Informações extraoficiais dão conta que a motivação do atentado seria um procedimento administrativo disciplinar a que o servidor responde. 

Bastidores

O atirador. Muito nervoso, o suspeito, em primeiro ato, tentou entregar um suposto documento, mas acabou barrado por ser informado que no momento acontecia uma reunião entre promotores.

Premeditado Na sequência, o atirador forçou a entrada e mirou no procurador-geral de justiça Rinaldo Reis. Na ocasião, errou o disparo, e então abriu fogo contra os promotores. Logo após,  empreendeu fuga.

Segundo testemunhas, o suspeito premeditou o crime. Estava muito nervoso e insistiu bastante para entrar no local em que se encontravam os promotores.

Depois Outras pessoas que estavam na sala, nesse momento, em pânico, foram orientadas a permanecer no local para evitar tumulto e facilitar o socorro das vítimas.


Blog do BG

0 comentários:

Postar um comentário

Sua postagem dependerá do Moderador do Blog.

Não publicamos comentários sem assinatura (Anônimos).

Obrigado pelo comentário. Sua ajuda faz nosso trabalho melhor.
_____________________________
Equipe do Blog do Silvério Alves

Arquivo

.

.

.

.

.

.
Tecnologia do Blogger.