terça-feira, 5 de julho de 2016

Do prefeito Naldinho: "Estou com minha consciência tranquila em relação ao meu nome na lista do TCE"



O Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte (TCE/RN) divulgou nesta quarta-feira (5) a lista dos gestores com contas reprovadas nos últimos oito anos.

De acordo com o TCE, a lista tem caráter apenas informativo, cabendo a Justiça Eleitoral decidir se os citados podem ou não se candidatar durante as eleições.

Dentre os nomes citados na lista, está o do prefeito de São Paulo do Potengi, Naldinho. 

Sobre a sua inclusão na lista, o prefeito Naldinho, em entrevista ao programa Questão Política, da Web Rádio São Paulo, afirmou que está com a consciência tranquila e confiante de que será candidato à reeleição no pleito que se aproxima. 

Naldinho explicou que as irregularidades que causaram a inclusão do seu nome na lista eram simples e já foram regularizadas. Quando as provas da regularização foram apresentadas ao TCE, o Tribunal não as analisou, motivo pelo qual seu nome não foi retirado da lista. 

Outro ponto positivo a seu favor é que não consta no processo  o termo "improbidade". Dada a ausência do termo, o processo não seria apto a gerar a inelegibilidade.

O prefeito explicou, ainda, que a lista do TCE não o torna inelegível. A decisão fica a cargo da Justiça Eleitoral, que pode ou não acatar a posição do TCE. Além disso, cabe recurso na justiça comum, o que já foi providenciado, com a devida comprovação de que as irregularidades haviam sido sanadas. "O povo potengiense não precisa se preocupar: eu serei candidato  à reeleição em outubro", afirmou o prefeito. 

0 comentários:

Postar um comentário

Sua postagem dependerá do Moderador do Blog.

Não publicamos comentários sem assinatura (Anônimos).

Obrigado pelo comentário. Sua ajuda faz nosso trabalho melhor.
_____________________________
Equipe do Blog do Silvério Alves

MULTICLÍNICA LAPAC

MULTICLÍNICA LAPAC

UNIFARMA BENTO

UNIFARMA BENTO

Auto Escola São Paulo

Auto Escola São Paulo

Arquivo

.

.

.

.
Tecnologia do Blogger.