terça-feira, 15 de março de 2016

URGENTE: Delcídio diz em delação que Mercadante tentou comprar seu silêncio



O senador Delcídio Amaral acusou o ministro Aloizio Mercadante (PT) de lhe oferecer ajuda financeira, política e jurídica em troca de seu silêncio. A trama é revelada em seu acordo de delação ao qual a revista “Veja” teve acesso e que pode ser consideradas uma tentativa de obstrução da Justiça.

Ex-chefe da Casa Civil do governo Dilma e atual titular da pasta da Educação, Mercadante teria prometido dinheiro e ajudaria para que Delcídio deixasse a prisão e escapasse do processo de cassação de mandato no Senado.
Em contrapartida, segundo a revista, Mercadante pede que Delcídio não "desestabilize tudo" com sua delação. O ministro teria tratado o esquema com um assessor da estrita confiança do senador, José Eduardo Marzagão. Os dois teriam se reunido ao menos duas vezes no gabinete de Mercadante no ministério. As conversas, segundo “Veja”, foram gravadas por Marzagão e entregues à Procuradoria-Geral da República por Delcídio, que, em depoimento formal, disse que o ministro “agira a mando de Dilma”.
"Me senti pressionado pelo governo", teria dito ele aos procuradores.
Extra Globo

0 comentários:

Postar um comentário

Sua postagem dependerá do Moderador do Blog.

Não publicamos comentários sem assinatura (Anônimos).

Obrigado pelo comentário. Sua ajuda faz nosso trabalho melhor.
_____________________________
Equipe do Blog do Silvério Alves

Arquivo

.

.

.

.

.

.
Tecnologia do Blogger.