sexta-feira, 4 de março de 2016

"Não era necessário esse show", diz Lula sobre ação da PF


Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva acena da janela da sede do PT em São Paulo, dia 04/03/2016

São Paulo – Desde às 6h da manhã desta sexta-feira, a Polícia Federalcumpre a 24ª fase da Operação Lava Jato que tem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como um dos alvos. Segundo a procuradoria, as investigações são justamente para comprovar ou não a participação do presidente no esquema. 
O objetivo é destrinchar os ganhos da LILS Palestras e do Instituto Lula, controladas pelo petista. Entre 2011 e 2014, ambas teriam recebido R$ 30 milhões, boa parte repassado por empreiteiras com participação já comprovada no âmbito da operação.
Em declaração nesta tarde, o presidente disse ter ficado indignado com a ação do MPF, já que estava disposto a colaborar com as investigações. "Eu estou indignado também com o comportamento de determinados meios de comunicação", disse. "Hoje quem incrimina é uma manchete."
Lula voltou a negar ser proprietário dos imóveis investigados pelos procuradores. "Eu uso a de um amigo, porque os inimigos não me oferecem", disse sobre o sítio em Atibaia. A respeito do tríplex no Guarujá, ele diz que o dia que tiver seu nome em uma escritura, podem chamar o apartamento de seu. 
Revista Exame

0 comentários:

Postar um comentário

Sua postagem dependerá do Moderador do Blog.

Não publicamos comentários sem assinatura (Anônimos).

Obrigado pelo comentário. Sua ajuda faz nosso trabalho melhor.
_____________________________
Equipe do Blog do Silvério Alves

Arquivo

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.
Tecnologia do Blogger.