domingo, 1 de março de 2015

Novas delações da Lava Jato ampliam clima de apreensão em Brasília

A notícia de que dois executivos da Camargo Corrêa fecharam acordo de delação premiada na operação Lava Jato ampliou o ambiente de apreensão instalado no mundo político em Brasília. Isso porque Dalton Avancini e Eduardo Leite são os primeiros executivos de uma grande empreiteira que aceitam colaborar com as investigações.
O temor entre parlamentares em Brasília é que isso estimule a delação de outros empreiteiros que já estão dispostos a falar. Entre eles, Ricardo Pessoa, da UTC, que está sendo pressionado pela família e que tem se queixado do abandono de autoridades de quem era próximo no passado.As novas delações apontam para uma nova frente de investigação dentro da Lava Jato. Com isso, começa a ficar claro para políticos da capital federal que a abertura de inquéritos que será pedida pelo Procurador-Geral da República não será o ponto final dessa história.
 Isso tem ampliado o ambiente de suspense no Congresso Nacional.
Por Gerson Camarotti, no G1

0 comentários:

Postar um comentário

Sua postagem dependerá do Moderador do Blog.

Não publicamos comentários sem assinatura (Anônimos).

Obrigado pelo comentário. Sua ajuda faz nosso trabalho melhor.
_____________________________
Equipe do Blog do Silvério Alves

MULTICLÍNICA LAPAC

MULTICLÍNICA LAPAC

UNIFARMA BENTO

UNIFARMA BENTO

Auto Escola São Paulo

Auto Escola São Paulo

Arquivo

.

.

.

.
Tecnologia do Blogger.