quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

O que não nos mata nos fortalece


Por Silvério Filho, estudante de Direito


Esse ano de 2012 certamente foi de diversas provações, diversos desafios. Vários foram os momentos em que caímos, por bater de frente com a vida. Mas as dificuldades são essenciais para o nosso crescimento corporal, intelectual e espiritual. Pois nesses momentos é que conseguimos nos reciclar, perceber que não sabemos de tudo, que ainda não vivemos tudo, e que não "somos", mas apenas "estamos" nesse constate processo de aprendizado. Processo esse necessário para a nossa construção enquanto sujeito.

Assim creio ser errada a análise que classifica as dificuldades da vida sempre como algo ruim, algo que poderia ser facilmente dispensado, sem maiores prejuízos. Prefiro uma perspectiva mais otimista acerca dos acontecimentos difíceis da existência, vendo-os como oportunidades para nos fortalecermos.


Ademais, para percebermos isso, não precisamos ir muito longe. É só vermos o feirante que, com o dinheiro suado, consegue se tornar um empresário;  o garoto que quer ser corredor, não tem pista para treinar, corre na areia do rio, mas, chegando na pista, vence a competição; a menina, que quer passar no vestibular, não tem condições de pagar as melhores escolas, mas escolhe fazer da sua escola  a melhor. Todos esses exemplos mostram desafios relativamente difíceis de serem superados, mas justamente por isso, causam mais satisfação quando são vencidos. E essa satisfação nos fortalece.

Assim sendo, penso que devemos aproveitar o máximo que podemos das nossas dificuldades, para nos tornarmos ainda mais obstinados a alcançar nossos objetivos. Pode ser desgastante no início, mas quando focalizarmos o objetivo final, perceberemos que ele será ainda mais bonito, por ter sido percorrido  nessa estrada de pedras. Afinal, já dissera Fernando Pessoa: "Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo". Que o nosso castelo seja tão forte quanto a nossa perseverança.

2 comentários:

  1. Simplesmente fantástico este texto simples e ao mesmo tempo profundo. Parabéns pela sensibilidade em tratar deste assunto que é as dificuldades do ser humano, e ressaltar que as dificuldades também são importantes para nosso crescimento espiritual.
    Parabéns e um 2013 de muita saúde e perseverança!

    Renato Faria.

    ResponderExcluir

Sua postagem dependerá do Moderador do Blog.

Não publicamos comentários sem assinatura (Anônimos).

Obrigado pelo comentário. Sua ajuda faz nosso trabalho melhor.
_____________________________
Equipe do Blog do Silvério Alves

MULTICLÍNICA LAPAC

MULTICLÍNICA LAPAC

UNIFARMA BENTO

UNIFARMA BENTO

Auto Escola São Paulo

Auto Escola São Paulo

Arquivo

.

.

.

.
Tecnologia do Blogger.